Qual o dia certo para montar a árvore de Natal em 2016?
Publicado por: Marumbi Web Em: 13 Nov 2016 |

Elas já estão brilhando nos shoppings brasileiros e foi acesa na semana passada no Rockefeller Center, em Nova York, EUA. (vídeo abaixo).

Mas todos se adiantaram. A data certa para montar a árvore de Natal, segundo a tradição cristã, é no início do Advento, ou seja, quatro domingos antes do aniversário de Cristo.

Em 2016 o dia certo para montar é 27 de novembro. No ano passado, foi em 29 de novembro.

E neste ano a data cai um domingo, dia perfeito para juntar toda a família e montar juntos a árvore – com as crianças inclusive pra guardarem essa recordação pra sempre – lembrando do grande homenageado, Jesus Cristo, que nasceu há 2016 anos e deixou sua mensagem de paz, amor e união na Terra.

“O Advento é um período especial para o cristianismo, que compreende os quatro domingos anteriores ao dia 25 de dezembro. Nele, os cristãos preparam-se para a grande festa de Natal o nascimento de Jesus e lembram-se, também, que Ele um dia voltará”, explica o teólogo Robert Rautmann, professor de religião no Colégio Internacional Everest.

Elas já estão brilhando nos shoppings brasileiros e foi acesa na semana passada no Rockefeller Center, em Nova York, EUA. (vídeo abaixo).

Mas todos se adiantaram. A data certa para montar a árvore de Natal, segundo a tradição cristã, é no início do Advento, ou seja, quatro domingos antes do aniversário de Cristo.

Em 2016 o dia certo para montar é 27 de novembro. No ano passado, foi em 29 de novembro.

E neste ano a data cai um domingo, dia perfeito para juntar toda a família e montar juntos a árvore – com as crianças inclusive pra guardarem essa recordação pra sempre – lembrando do grande homenageado, Jesus Cristo, que nasceu há 2016 anos e deixou sua mensagem de paz, amor e união na Terra.

“O Advento é um período especial para o cristianismo, que compreende os quatro domingos anteriores ao dia 25 de dezembro. Nele, os cristãos preparam-se para a grande festa de Natal o nascimento de Jesus e lembram-se, também, que Ele um dia voltará”, explica o teólogo Robert Rautmann, professor de religião no Colégio Internacional Everest.