Passageira dos EUA ajuda motorista a viajar para ver filho na Olimpíada

motorista-uber-olimpiada-close

A pessoa certa, no lugar certo, na hora certa.

O motorista de Uber Ellis Hill queria muito ver seu filho, Darrell Hill, competindo no arremesso de peso, dia 18, de nas Olimpíadas, no Rio de Janeiro. Ele mora nos Estados Unidos e não tinha dinheiro para a viagem.

Até que levou a passageira Liz Willock, que havia perdido um vôo. De acordo com informações da CNN, durante a viagem, Ellis e a passageira conversaram sobre vários assuntos, inclusive Olimpíadas.

O motorista do Uber contou a Darrell que seu filho iria competir nos jogos e que ele estava conformado em ver esse fato histórico para a família, da sala de estar de sua casa.

Ajuda

Comovida, Liz Willock tentou juntar suas milhas para comprar a passagem do motorista, mas não conseguiu.

Então ela decidiu criar uma campanha online na página gofund.me – site em que é possível fazer doações para diversas causas – e em apenas uma semana, 152 pessoas doaram, somando quase R$ 25 mil (equivalente a US$ 8,2 mil).

“Quando fui dormir estava em US$ 1,3 mil e quando acordei já estava em US$ 4 mil”, conta Ellis.

O motorista do Uber receberia o montante se ultrapassasse a meta estipulada de US$ 7,5 mil, suficiente para cobrir as passagens infladas pelo evento e a hospedagem. E ele conseguiu dias depois.

“Recebi um telefone de uma rede de TV querendo falar comigo, me dizendo que eu tinha ultrapassado a meta”, relembra.

Acaso?

Liz Willock diz acreditar que não perdeu aquele voo por acaso.

“Alguém estava olhando por nós. Os destinos estavam alinhados”, afirma.

Daren Hill viajará para o Rio de Janeiro no dia 15 de agosto.

“Espero que isso faça o meu filho voltar para casa com uma medalha. Tenho certeza que ele dará tudo que tem”.

Com informações da CNN e Curiosamente

Compartilhar...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+