Morador transforma lixão em parque com plantas e cores

jardim_vitoria

Uma transformação pra melhorar a paisagem do bairro e com uma ação bem simples: onde havia lixo, hoje cores e plantas dão o ar da graça.

Tudo graças ao trabalho voluntário do servidor público Manoel Correia Filho, o Niel, de 40 anos.

Desde abril deste ano, ele conta com a ajuda de pessoas da comunidade de Santa Marta, na Grande Maruípe, em Vitória, no Espírito Santo, para transformar a região.

A ideia surgiu após uma matéria sobre lixo que viu na televisão:

“A gente tinha oito pontos viciados aqui no bairro. Com esse trabalho eliminamos cinco deles. Alguns estavam ali há 20 anos e a população não parava de jogar lixo”, revela o funcionário público.

Como funciona

A ideia do projeto – chamado “Sentir-se bem” – é simples: Niel junta pneus, tintas e plantas, tudo com a ajuda de amigos da própria comunidade que fazem as doações.

Depois ele mesmo põe a mão na massa: pinta os pneus, os muros e planta as mudas para enfeitar os locais.

“Em um dos lugares coloquei um banco porque lá é muito frequentado por idosos que ficavam sem ter onde sentar”, conta o idealizador da iniciativa.

O objetivo, claro, é despertar mais consciência nas pessoas em relação ao local onde elas colocam seu lixo.

“A população tem que entender que o lixo deve ficar embalado e pendurado em um local seguro, ou numa lixeira, para que a coleta passe e recolha. Não pode jogar lixo na rua”, ensina.

Niel conta que a ideia já está sendo implantada em outro bairro e já há moradores que querem implantá-la em outros municípios da Grande Vitória.

“Quero mesmo é acabar com os pontos viciados para que Vitória seja uma cidade melhor”, afirma ele.

Com informações Gazeta OnLine

Compartilhar...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+