Instrumentista abre escola de música para ajudar autistas

musicoautista

O músico e multiinstrumentista Welder Miranda, tem usado seu talento para ajudar no tratamento de crianças com autismo, em Arcos, Minas Gerais.

Há três meses, ele fundou na cidade natal o Instituto Semearte, escola de musicoterapia e musicalização infantil, que já tem 25 crianças matriculadas.

A ideia, segundo Welder é melhorar o mundo dos pacientes.

As notas musicais têm forte efeito sob a mente e quando utilizadas em técnicas de relaxamento, são ainda mais apreciadas pelas crianças com autismo.

“É a primeira técnica de aproximação. As experiências musicais permitem uma participação ativa que mistura audição, visão e tato. Isso favorece o desenvolvimento dos sentidos. É um canal universal de comunicação com o mundo que utiliza como elemento principal a única e verdadeira linguagem universal existente, que é música”, afirmou.

A escola

O primeiro passo para isso, segundo o idealizador, foi criar um ambiente que permita a socialização dos autistas, ao mesmo tempo em que oferece conscientização e preservação do meio ambiente.

Toda a estrutura interna é feita de madeira. Os bancos são fabricados com pallets e plantas fazem parte da decoração.

“O autismo ainda é uma síndrome pouco conhecida. Sabendo disso, decidi estudar musicoterapia e desenvolver métodos a partir de estudos e práticas aprofundadas. As crianças portadoras dessa síndrome precisam de exemplos de consciência ambiental. Ao aprenderem a reciclar, criar instrumentos e desenvolver habilidades musicais, elas aprendem a conviver melhor com os coleguinhas”, disse Welder.

Melhoras

Os 25 alunos cadastrados no Instituto Semearte já apresentam melhoras físicas, mentais, sociais e cognitivas, afirma Welder.

Por ser uma técnica de aproximação, a musicoterapia reduz problemas emocionais ou atitudes que demandariam grandes doses de energia psíquica.

Esses benefícios são alcançados a longo prazo, mas é possível notar o envolvimento do autista e os resultados alcançados logo nas primeiras seções.

“Trabalhar com a musicoterapia em crianças autistas é um trabalho muito prazeroso, porque me comunico com elas através da música. Cada caso, cada sessão e cada segundo que passo com cada criança me fazem aprender muito e me descobrir como pessoa”, disse Welder Miranda.

A manicure Luciana Moreira diz que as aulas de musicoterapia com Welder Miranda têm favorecido o desenvolvimento do Vitor Hugo, de três anos, diagnosticado com autismo. O menino faz musicoterapia há três meses.

“As aulas são muito importantes. A decoração do espaço com letras musicais, números, brinquedos e instrumentos faz com que meu filho se interesse cada vez mais. Já peguei ele cantarolando ‘Dó, Ré, Mi, Fá’. Um encanto e um orgulho. Arcos precisava de um espaço assim. Parabenizo ao professor Welder Miranda, que é uma pessoa extremamente profissional”, disse Luciana.

Serviço

  • Instituto Semearte / Welder Miranda
  • Rua Dona Mariazinha, nº 85, no Bairro Santo Antônio, em Arcos /MG
  • Fones (37) 99151-1115 ou 98819-8618.
  • A mensalidade custa R$ 100.

Com informações do G1.

Compartilhar...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+