Asfalto permeável acaba com enchentes e contaminação do mar
Publicado por: Marumbi Web Em: 15 Jun 2016 |

Você conhece os efeitos positivos do asfalto permeável? Os moradores da cidade litorânea de Provincetown, no estado americano de Massachusets, já descobriram.

Depois que 2.400 metros da principal avenida comercial da cidade foram substituídos por concreto permeável, em 2012, as praias pararam de fechar para banhistas em alta temporada, por causa da qualidade da água.

O número de fechamentos das praias devido à contaminação bacteriana reduziu drasticamente, o que acabou fomentando novas fases do projeto, e fez aumentar a extensão do concreto permeável na cidade.(vídeo abaixo)

Veja como o concreto permeável funciona:

Ele é um material semelhante ao concreto convencional, porém em sua mistura é reduzido, ou até eliminado, o agregado miúdo (geralmente areia).

O sistema de drenagem tradicional capta a água que escoa superficialmente sobre o pavimento impermeável e tenta direcioná-lo à um corpo d’água o mais rápido possível.

Os problemas que isso gera são bastante conhecidos: erosão e assoreamento de corpos d’água e mata ciliar, alteração na qualidade d’água, enchentes, necessidade de obras de contingência como bacias de retenção de fluxo, dentre outros.

Já no concreto poroso, a intenção é fazer com que a água penetre e vá para o lençol freático, dando uma destinação “mais natural” às águas.

Isso provoca uma filtragem natural e evita que a velocidade de chegada ao corpo d’água cause enchentes.

Porém é necessário repensar a estrutura de base do pavimento.

Ela deve ter a capacidade de armazenar a água durante certo período (para que ocorra a infiltração natural no solo ou encaminhamento ao sistema de drenagem alternativo), sem que sua capacidade de suporte seja alterada.

No Brasil algumas empresas já estão estudando a implementação desse tipo de solução, mas as tecnologias geralmente são licenciadas por alguma patente estrangeira.

Veja como o concreto permeável funciona: